Crash Bolsa Portuguesa
 
2010-04-28
 
 

Bolsa nacional desceu 13% nas 12 sessões que se seguiram ao plano de ajuda à Grécia. Nos 12 dias seguintes à falência do Lehman a queda foi de 3,87%.

As acções nacionais estão a ressentir-se mais com a crise de dívida soberana do que a falência do Lehman Brothers. Os receios de uma hecatombe semelhante foram ontem levantados pela vice-presidente da Comissão Europeia. Viviane Reading criticou as indecisões germânicas em torno da ajuda à Grécia, afirmando que "uma falência estatal tipo Lehman Brothers provocaria uma reacção em cadeia de consequências desastrosas". E o comportamento da bolsa nacional já está a incorporar estes receios.

Nas últimas 12 sessões o PSI 20 derrocou 13,24%, o segundo pior desempenho entre todas as bolsas do mundo. Contas feitas, já se eclipsaram 8,42 mil milhões de euros na capitalização bolsista das 20 empresas que integram o índice desde que a União Europeia anunciou o mecanismo de auxílio à Grécia, a 11 de Abril. Nos 12 dias seguintes à falência do Lehman, as cotadas nacionais perderam três mil milhões de euros de valor de mercado. "Neste caso estamos a falar de um fenómeno local. No caso Lehman era global. Deste modo, é mais fácil concentrar vendas aqui e também não há confiança para a entrada de novos compradores", adiantou o economista da IMF, Filipe Garcia, ao Diário Económico. Opinião partilhada pelo analista do Banco BIC, Frederico Antão: "A questão da Grécia contagiou os CDS de Portugal que por sua vez têm impacto nas yields das OT portuguesas. Este cenário penaliza directamente o Orçamento de Estado de Portugal, a economia e o mercado accionista português".

A aumentar estes receios e a aversão dos investidores a activos nacionais e gregos esteve ainda a Standard & Poor's, que baixou ontem o ‘rating' da República em dois níveis e retirou o estatuto de ‘investment grade' à Grécia. Como consequência o PSI 20 cedeu mais 5,36%. A bolsa grega derrocou 6%. E o índice que reúne os bancos europeus cedeu 5,56%. No caso da ‘praça' nacional, há um ano e meio que não se vivia uma sessão tão negra. "O mercado de acções português está a ser arrastado pela continuação das preocupações em torno de um ‘default' soberano", referiu o responsável pela análise de acções do HSBC, Robert Parkes, ao Diário Económico.

 
 
 
 
2010-04-30
BES, BCP e BPI estão em forte alta
 
BES, BCP e BPI estão em forte alta perante os sinais de que o plano de ajuda à Grécia estará concluído nos próximos dias.  ...
 
Saiba mais +
 
 
2010-04-30
Desemprego em Portugal aumenta para 10,5%
 
Dados de Bruxelas mostram um agravamento do desemprego em Portugal em Março. A taxa média no euro manteve-se em 10%  ...
 
Saiba mais +
 
 
2010-04-30
Governo reavalia privatização da ANA
 
O primeiro-ministro afirmou hoje que o Governo está a reavaliar se privatiza a ANA e que o novo aeroporto será construído com financiamento privado.  ...
 
Saiba mais +
 
 
 
© 2010 Todos os direitos reservados